O ouro pode estar a caminho de um recorde de longa data.


O ouro pode estar a caminho de um recorde de longa data. As preocupações crescentes com a economia global empurram a onça do metal para acima de US$ 1.800.


Foram seis dias de avanço no mercado à vista. O ressurgimento do coronavírus em algumas regiões do mundo intensifica temores de uma desaceleração global prolongada. A demanda por ativos que oferecem proteção aumentou.


Em 2020, as captações de fundos negociados em bolsa (ETFs) lastreados em ouro já superam o recorde de um ano inteiro estabelecido há mais de uma década.


Alguns especialistas preveem que a cotação atingirá o maior nível de todos os tempos à medida que a crise da saúde se arrasta.


Os investidores devem preferir ações e ouro a títulos de renda fixa e dinheiro em caixa porque estes últimos oferecem retorno negativo e porque os bancos centrais vão imprimir mais dinheiro, acredita Ray Dalio, fundador do maior fundo de hedge do mundo, a Bridgewater Associates.

0 visualização0 comentário