Proposta emergencial ao Mais Médicos para enfrentamento do Coronavírus

Medida contempla adesão de profissionais e renovação da adesão de municípios, em resposta ao cenário de emergência nacional.



Como medida imediata de enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19).


A estratégia é resposta ao cenário de emergência internacional e nacional e contempla apenas a adesão de profissionais com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) e a renovação da adesão dos municípios partícipes elegíveis, com vigência de contrato somente de um (1) ano.

Ela acontece em momento em que o Programa Médicos Pelo Brasil ainda se encontra em fase de regulamentação da Agência para o Desenvolvimento da Atenção Primária à Saúde (Adaps), sendo seu objetivo maior apoiar os municípios mais carentes do país de forma permanente, estruturante, com regras claras de seleção e contratação dos médicos. Esse programa garantirá carteira assinada e plano de carreira e priorizará médicos especializados em Medicina de Família e Comunidade, com gratificação para aqueles que se deslocarem até os locais mais distantes e vulneráveis.


Na Lei de criação do Programa Médicos Pelo Brasil, foi inserida a possibilidade desses profissionais serem reincorporados ao Programa Mais Médicos.

Contudo, a entrada desses médicos depende de ações e articulações institucionais com diversos órgãos federais (como o Departamento da Polícia Federal, do Ministério da Justiça) e internacionais (como a OPAS), exigindo trâmites que não garantem a celeridade que o momento atual exige.


Destaca-se que a chamada especial para médicos cubanos será possível e viável após o encerramento da chamada emergencial regida pelo Edital SAPS/MS nº 6/2020.

Deseja participar do processo seletivo?
Estamos com projeto de Lei para a adequaçao do projeto, junto ao senado Brasileiro.
Integre-se como interessado

Clique no link abaixo para proposta de interesse a participar.


Proposta emergencial ao Mais Médicos para enfrentamento do Coronavírus


Boa Sorte!

388 visualizações0 comentário